Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Vento na Janela

Eu a nenhuma corrente pertenço
Estou assim na régua
E métrica de cada um
Propenso
A extinguir-me
Como um inútil desvario
Sou algo e explico?
Janela entreaberta
Fico
O ruído diverso
É obra da ventania.

Do Livro Hora Tenaz

Julio Urrutiaga Almada
Enviado por Julio Urrutiaga Almada em 24/11/2007
Código do texto: T750806

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Julio Urrutiaga Almada
Curitiba - Paraná - Brasil
116 textos (4493 leituras)
16 áudios (2027 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/10/17 22:35)
Julio Urrutiaga Almada