Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Vôo da Fênix

A Fênix abre suas asas douradas
E, vivazmente, voa para longe
Ah, que vôo radiante!
Que vontade de voar também
Para longe... para o infinito
Ou até mesmo para o nada
O nada que é simplesmente a ausência do tudo
Tudo o que me faz mal!
Tudo o que me faz bem?
Não, isso eu não conheci ainda
Esta vida é curta demais
Para a felicidade chegar até mim
E não faria diferença
Porque nela eu nunca acreditei
Talvez se eu tentasse voar
Minhas asas falhariam em pleno vôo
E eu cairia
Porque tudo para mim é imperfeito
As asas perdidas seriam apenas uma surpresa a mais
Que as minhas lágrimas em eterna queda
Amargas evidências de um existência trágica
Jamais me permitiriam esquecer...
Luciana Alcantara
Enviado por Luciana Alcantara em 24/11/2007
Código do texto: T750881
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Luciana Alcantara
Recife - Pernambuco - Brasil
28 textos (2244 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/08/17 13:13)
Luciana Alcantara