Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A Sombra Assusta

A sombra da noite assusta, assombra.
Quando sai o Sol,  a sombra aparece...
Sincopando o sombrio, antes, sorriso.
A sombra é densa, sinuosa.
A sombra semeia sentimentos subterrâneos.
Sentencia sedenta semblantes assombrados.
Sem luz, sons suicidados.
Esconde sortilégios, sussurros, suspiros.
Um surto de covardia assume substratos...
Antes, superiores,  sólidos, seguros.
A sombra se sorve da sutil subserviência
De seres que não suportam saber de si.
A sombra circula como epicenos
Subsistindo... subconsciente
Entre sonhadores, cínicos e céticos.
Arsenia Rodrigues
Enviado por Arsenia Rodrigues em 24/11/2007
Reeditado em 26/06/2008
Código do texto: T750955
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Arsenia Rodrigues
Salvador - Bahia - Brasil
67 textos (7502 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/08/17 07:05)
Arsenia Rodrigues