Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Limítrofe


Meus apelos são críticos
Porque vivo no limite
Quando os assuntos são cítricos
Esqueço o cheio de dedos
E parto cheia de apetite
Para os olhares azedos

Mas sou mansa como gata
Arrepio a pele no cio
Até consigo ser sensata
Quando o olhar me arrebata
E o toque é leve e macio

Não me conduza com arreios
Nasci para ser livre
Odeio freios
Se não aguenta aclive
Desça antes de fazer feio
É nas alturas que potencializo
O que me escapa pelo meneio
Aceita ou eu exorciso
Angélica Teresa Almstadter
Enviado por Angélica Teresa Almstadter em 25/11/2007
Código do texto: T752488

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Angélica Teresa Almstadter
Campinas - São Paulo - Brasil, 62 anos
1054 textos (56477 leituras)
25 áudios (3275 audições)
1 e-livros (247 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/08/17 18:12)
Angélica Teresa Almstadter