Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Panis et Circensis

Panis et Circensis...
Pão para os famintos da barriga
Circo para os famintos da alma

Para quê vida melhor?
Viver nesta toada sem cansar
Sem os obstáculos viver em frente
Na hidromassagem pecuniária, relaxar...

Vivo em um Império, mas não sou romano
Sou latino-americano vivendo em um Coliseu
O coliseu novíssimo!
Porém nunca serei gladiador
Guerra é para perdedor
Fortes tem de descansar...

Vejo os mártires triturados
Dilacerados com espetos e leões da miséria
E nós nos embriagamos com um vinho
Visto-me com o terno de linho, sem trabalhar

Dos feriados em calendários quadrados
Uso o recurso para a vida ganhar
Latindo a verborréia das ilusões
Tirando dos plebeus as profissões
Com as bolsas, das pobres escolas
Esmolas...
Eduardo Oliveira
Enviado por Eduardo Oliveira em 25/11/2007
Código do texto: T752504

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Eduardo Oliveira
Campina Grande - Paraíba - Brasil, 27 anos
123 textos (5884 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/10/17 07:52)
Eduardo Oliveira