Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SOU APENAS POESIA



A chuva que cai em minha face,
eu sei, é passageira e logo você
virá me trazendo o arco-íris...
As páginas em branco da poesia,
matizaram-se com as cores dos
sonhos e me levam por caminhos
verdejantes de esperanças.
Sigo sem deixar marcas pra
não saber voltar a realidade.
Se sou ilusão, fantasia ou
apenas poesia, não importa.
Vou me perder nas trilhas
da ilusão e quando encontrares
no caminho alguém dizendo
que a poesia está voltando,
que o sonho não acabou e
que o poeta virou gente,
acredite...
Serei eu a pregar por
todos os cantos,
a gritar aos ventos
que também sou,
Poesia....

Izabel Dias
Enviado por Izabel Dias em 25/11/2007
Código do texto: T752555
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Izabel Dias
Guaratinguetá - São Paulo - Brasil
377 textos (60667 leituras)
2 e-livros (1556 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/08/17 09:13)
Izabel Dias