Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

E este olhar...
(Dedicado a Lú – a preciosa rosa do pequeno príncipe)

este olhar que agora encontro,
tão triste, ainda que tão belo,
tão belo, ainda que tão triste...

Em que linha paralela, do universo imaginário,
ele estará agora? E quase me desespero,
por saber porque ele insiste
em estar assim tão triste,
apesar de estar tão belo.

E em que ponto do Universo real,
deste que de fato existe,
encontro paralelo
para um olhar assim tão belo,
apesar de estar tão triste...

E por que ele é tão belo nem se pergunta,
pois que para isso não há o que se explicar,
é belo porque é, e pronto!

O que me pergunto
é por que ele estará tão triste,
ainda que para isso
não me caiba nenhuma explicação,
é curiosidade apenas
e é apenas por ter visto agora,
reunidas de forma tão harmoniosa,
tristeza e beleza conjugadas em teu olhar,
na forma de um verbo indefinido...

Mas o que importa enfim,
é que para ser sincero,
devo dizer-lhe por fim,
e isso é tudo o que eu quero,
que mesmo quando a tristeza resiste,
mesmo sendo um olhar muito triste,
mais do que triste ele é belo.

Lucas Castro
Enviado por Lucas Castro em 26/11/2007
Reeditado em 21/01/2009
Código do texto: T753938

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Você deve citar a autoria de Lucas Castro e o site www.eporfalarpoesias.net). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre o autor
Lucas Castro
Novo Hamburgo - Rio Grande do Sul - Brasil, 56 anos
157 textos (6178 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/10/17 11:40)
Lucas Castro

Site do Escritor