Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Meu rascunho inconsciente

Em um sonho
liberdade
ser a chuva
na prisão
em meio aos ratos
onipotentes,
dança o homem
no festival da sujeira
e alienação.

Constante manipulação
regra nossa mente
consciencia inconsciente
códigos de barras irreverentes
impregnados no sangue
dessa gente
tão demente
que sem saber
são frutos de uma voz sem canção:
"Liberdade é escravidão".
Calor do cão
Enviado por Calor do cão em 24/11/2005
Reeditado em 24/11/2005
Código do texto: T75542
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Calor do cão
Salvador - Bahia - Brasil, 28 anos
127 textos (9777 leituras)
1 e-livros (39 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 17:31)