Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Devaneios

Subindo por peles morenas
chego às negras melenas,
mas não me farto,
desço outra vez ao pescoço
e quase me torno um vampiro,
mas apenas suspiro
e deixo entranhar nas narinas
o cheiro da sedução,
mas ainda não me farto
e parto mais que ligeiro,
sorrateiro,
e acho em teus seios,
talvez travesseiros,
um lugar de repouso
e ouso me deliciar,
mas também não me farto
e busco em tua pele,
nas manhas e entranhas
o motivo da ânsia,
das noites intermináveis
que logo se acabam.
Mas pra que me perder em devaneios?

Lucas Castro
Enviado por Lucas Castro em 29/11/2007
Reeditado em 13/10/2008
Código do texto: T757585

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Você deve citar a autoria de Lucas Castro e o site www.eporfalarpoesias.net). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre o autor
Lucas Castro
Novo Hamburgo - Rio Grande do Sul - Brasil, 56 anos
157 textos (6162 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/08/17 08:26)
Lucas Castro

Site do Escritor