Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A INSENSIBILIDADE DO ACADEMICISMO

 
que são
doze horas esquartejando
os sentimentos
com a subtração
e a divisão dos
atos óbvios
elevando
a lógica e rebaixando
o sensível,
se com ele não
se pode
ir a essência
SIMPLES
da coisa
e ver que não há
arte alguma
emoção qualquer
no academicismo
da arte concreta
como o ato simples de ir ao supermercado da esquina
(apenas ir à esquina)
e não até a teoria
dos
teóricos
ouvir sobre a insensibilidade
humana de não criar
arte
de como colocar a veda nos olhos
e reduzir tudo aos números.

Contudo
olhas
o horizonte aberto
como a cidade
aberta
e quer ir além
e pergunta
e pergunta,
sobre a lógica
de tudo
sobre as tendências óbvias
e quer uma a uma
exposta no caderno
em cálculos objetivos:
“o que vem a ser ato sexual?”

Números
em folhas
não cria
nada, apenas
dificulta a aproximação de uma vida
da verdadeira vida,
e desliga
a sensibilidade
do ser.

Antes
reduz a arte
para
criar o que jamais
pôde ser criado.



Leo Linares
Enviado por Leo Linares em 24/11/2005
Reeditado em 29/11/2005
Código do texto: T75835
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Leo Linares
Goiânia - Goiás - Brasil, 30 anos
25 textos (1158 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 16:26)
Leo Linares