Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Recanto dos poetas loucos e alados

Ele faz, ele cria.
Ele colhe, ele planta
Ele mata de euforia
Ele sabe,ele ama
Traz a virtude de ser feliz
Morre de desencantos em um céu de anis

Ele beija, esplandece
Cheira, come, fede
Sobre certo e errado
Sempre há discussão
Ele monta, lapida
Ele faz da ferida
Uma completa desilusão

È pobre em terra rica
E rico jamais será
De completo furto da consciência
Geme,coe, imagina o lado de lá

Sorri no outono, chora no inverno.
Mata monstros
Grita fantasia
Bem vindo ao recanto dos poetas loucos e alados
Onde só existe um espaço,
O da alegoria.
JRCalhau
Enviado por JRCalhau em 02/12/2007
Código do texto: T762027

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
JRCalhau
Santos - São Paulo - Brasil, 27 anos
7 textos (205 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/08/17 20:22)
JRCalhau