Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Olhos fechados

Ser consumida pelo amor
E sentir em mim a sua presença
Ainda que brigados
Distantes, apressados.
A chama viva dos seus olhos
Em ondas acertando meu coração.
Tuas mãos
Percorrem o caminho
- sinto uma palpitação –
Olhos fechados
Trago você
Intuição, reflexão
Sinto saudades
Estrada longa, tudo distante
Estou certa de que vem
Você.
Sou consumida e instaurada
Sou amor e perdição
Companhia e solidão
Aonde quer que eu vá
Você
Em mim.
Beleza incerta de um reencontro
Agora
Volta. Volta.
Dê a volta, dê-me a alma
Deposite beijos
Em meu colo, em meu pescoço
A chama viva dos seus olhos
Reacende o fogo da minha paixão.
Sou luz e escuridão
Sou pressa e mansidão
Olhos fechados
Reduzem a distância.
Sou o agora e a ilusão.
Vem. Volta.
Sua imagem na minha retina.
Sua ausência, presença.
Sou consumida pelo amor.
Valéria Britto
Enviado por Valéria Britto em 03/12/2007
Código do texto: T763128

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Valéria Britto
Arcoverde - Pernambuco - Brasil, 44 anos
78 textos (4058 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/08/17 03:06)
Valéria Britto