Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

T E U O L H A R

Tudo  é tão estranho e confuso para mim, pois as coisas acontecem sem querer.
Assim é teu olhar quando me toca, tudo muda, se transforma, não entendo.
Você tem um jeito meigo de dizer as coisas, não sabe reclamar, mas com teu olhar, sei que vai me dominar, acho até que já me entreguei.
Até mesmo quando você sorri, vejo no brilho deste riso, a doçura do teu olhar.
Sei que o amor que desperdiças, é porque não entendeu nem mesmo percebeu este olhar.
Então resta observares as estrelas e sem se importar com a escuridão da noite, faz ele ver como é lindo este teu olhar, que por enquanto é para ele.
Quando sentires saudades de alguém para te lembrar deste jeitinho gostoso de afeto querido e tão desejado, corre...
... Abre as portas do deste coração perdido, sinta a brisa, agora mais amena, e ouça minha voz, que chegará dizendo como é lindo este teu olhar.
Você é a luz que passa pela vida deixando uma estação mais linda que a primavera, pois teu olhar parece um eterno dia de outono, dando a certeza que algo maravilhoso e mais saboroso chegará logo, o teu beijo, minha eterna curiosidade, o teu amor, minha única esperança.
Mas tudo é tão confuso e estranho, que as coisas acontecem sem querer, pois tudo muda, se transforma, não entendo....

                Assim é teu olhar, quando me toca.


                       Silvio Cavalheiro,  “ O Cara.! “
Silvio Cavalheiro
Enviado por Silvio Cavalheiro em 25/11/2005
Reeditado em 09/06/2006
Código do texto: T76387
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Silvio Cavalheiro
Canoas - Rio Grande do Sul - Brasil, 47 anos
18 textos (357 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 22:13)
Silvio Cavalheiro