Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Cicatriz

Os sete anzóis
abriram minha cicatriz
no dia em que o céu
anunciou forte temporal.
O galo já não brinca de cantar
e as cores do dia
são como noite de triste agonia.
Meu olhar preso na fundura
segura a escuridão do ar.
Já não brinco de menina perto do rio.
Ele chora querendo inundar o mar.
É uma tarde terminada,
que some sozinha na estrada
não sabe se vai voltar.
Aninha viola
Enviado por Aninha viola em 04/12/2007
Código do texto: T764570
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Aninha viola
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil, 52 anos
423 textos (50350 leituras)
13 áudios (6925 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/10/17 09:21)
Aninha viola