Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Bandeira Branca

E definha, beirando esquecê-la
apesar de nunca a ter conhecido.
Munido de desculpas e pretextos,
vestindo a velha farda e brasões insólitos,
julgou-se derrotado, sem nunca ter ido à luta
Recluso, voluntário, em suas próprias fraquezas,
o brado sofrido em seu último balbucio, hesita
Então o soldado que nunca esteve em combate
se dá por vencido
Aldo Laerte
Enviado por Aldo Laerte em 04/12/2007
Código do texto: T764780
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Aldo Laerte
Florianópolis - Santa Catarina - Brasil, 28 anos
2 textos (40 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/08/17 07:04)