Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CASO AYALA

Se não a quero,
Tanto faz, o amor dela por mim
Já não existe mais.

Se a desejo,
Isso me dá medo
Pois sei que o sol nasce todas as manhãs.

Se não a vejo,
Desespero-me, pois é dela a luz
Que acende o meu dia.

Se ela não quer,
Entristeço-me, pois sei como a noite é fria
E como meu quarto é aterrorizante.

Se eu me apaixonasse
Talvez um dia saberia
Tudo que sinto por ela.

Se não tento nada
Terei a dúvida ao meu lado,
Se tento, a desilusão como companhia.

Quando ela quis algo comigo
Surgiu em minha alma um vazio
Que até hoje continua.

Isso não quer dizer que não a deseje,
Sou louco por ela,
É algo parecido com o medo.
mário cardoso
Enviado por mário cardoso em 05/12/2007
Código do texto: T766094

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para o site http://recantodasletras.uol.com.br/autores/abelha). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
mário cardoso
Campo Grande - Mato Grosso do Sul - Brasil, 32 anos
370 textos (15010 leituras)
3 áudios (242 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/08/17 13:24)
mário cardoso