Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Fiz...

Eu já estive na escuridão
Já experimentei a liberdade da luz
Já dancei sob os pingos da chuva
E já cantei canções de amor para o luar
Já me embebedei e chorei minhas mágoas
Já conversei e me perdi em filosofias
Me apoiei vezes incontáveis em ombros amigos
Já sonhei acordada e escrevi o que sempre quis
Já amei e já sofri
Já lembrei e esqueci
Já cai e consegui me levantar
Já repeti palavras e frases, minhas e de outros
Já pensei na vida ao som dos grandes
E me diverti ouvindo os pequenos
Já assisti shows e ensaios
Já gastei dinheiro com bobagens
Já fiquei sem falar por besteira
Já me senti culpada
Já me senti princesa
Imaginei meu principe encantado
E por longas noites o esperei
Já confiei em quem não devia
E ajudei quem não precisava
Já tentei ser cantora, dona-de-casa
Já desejei ser artista, ser fada
Hoje tento ser escritora
Tento ser poetisa
Já enganei, já menti
Já "enchi o saco" de muita gente
Já cansei os outros de tanto falar
E falei até eu mesma cansar
Já amadureci, já fui criança...
Ainda sou criança, mas já cresci
Já acordei de madrugada
Já fiquei sem dormir
Já fiquei apavorada
E já fiz tudo pra te ver sorri
Já me machuquei
Já tive sangue em minhas mãos
Já brinquei com fogo
E com certeza já me queimei
Já esperei por um olhar
Já necessitei do seu
Já me iludi com palavras
E quase gritei as minhas
Já escrevi incontáveis vezes
Sobre coisas que nunca senti
Já desisti de esperar
E já não espero desistir
Já cansei da estrada
E fiz a estrada cansar de mim
Já enxuguei as minhas lágrimas
Já esperei o meu fim
Já fiquei sozinha
E já fui solitária
Já me fiz de vítima
E agora de despreocupada
Já escondi segredos
E dividi desejos
Já escrevi poesias e músicas
Mas apenas para mim
Já continuei quando não podia mais
E me arrependi por fazer menos
Já plagiei frases
Já inventei sentimentos
Já me senti segura
Já me vi perdida
Já me achei no meio do mundo
E já viajei em meus pensamentos
Já consolei amigos
E fiz mil histórias
Hoje me sinto vitoriosa...
Hoje me sinto amada
E o mais importante de tudo
Hoje não me arrependo de nada.
Rhaianne Felinto
Enviado por Rhaianne Felinto em 07/12/2007
Reeditado em 03/04/2012
Código do texto: T768949
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Rhaianne Felinto
Ceilândia - Distrito Federal - Brasil, 28 anos
68 textos (2704 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/17 06:43)
Rhaianne Felinto