Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Mudo

Eu me calo
diante do que não pode ser dito,
do impronunciável,
diante do impensável,
inimaginável,
e mesmo assim não pode ser oculto,
e deve ser declarado,
que transborda ao coração,
desta paixão
de tantas barreiras,
pois mesmo que tu não queiras
(e eu quase prefira não querer)
eu te amo
e mesmo mudo eu me declaro,
e mudo tudo,
e nada muda,
pois nada posso mudar.
(Mas isso eu te prometo
um dia te falar).

Lucas Castro
Enviado por Lucas Castro em 07/12/2007
Reeditado em 12/10/2008
Código do texto: T769169

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Você deve citar a autoria de Lucas Castro e o site www.eporfalarpoesias.net). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre o autor
Lucas Castro
Novo Hamburgo - Rio Grande do Sul - Brasil, 56 anos
157 textos (6162 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/08/17 20:18)
Lucas Castro

Site do Escritor