Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Que eu não deixe

Que eu não deixe morrer
A vontade de querer
O desejo de amar
A saudade do viver.

Que de mim não se esvaia
A alegria de ser
Cristão, poeta, estudante
professor, amigo e amante.

Que todos os desencantos
despertem mais meu vigor
e que eu nunca me perca
Na grande estrada do amor.

Que me sirva de trampolim
Cada passo novo que eu der
Que eu tenha grande disposição
Muita garra, fervor e muita fé.

Que os caminhos da vida
Sejam sempre revisados
E que eu insista em ter
Um grande amor ao meu lado.

Que eu trilhe pro futuro
Cuidando bem do presente
Consciente do passado
Seguindo sempre em frente.
Zalvo
Enviado por Zalvo em 28/11/2005
Código do texto: T77504
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Zalvo
Parnamirim - Rio Grande do Norte - Brasil, 40 anos
51 textos (3144 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 00:50)