Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Vidinha em pranto

Se permaneço calada
entenda-me,
o que tenho a dizer
pode não fazer-te bem.

Se eu fico aqui quietinha
entenda-me,
é meu tempo

clamo por ajuda.
Mas se estenderes a mão
e eu dizer-te um não,
entenda-me,
sei que um verdadeiro amigo
tentará outra vez.

Se eu fui rude,
entenda-me,
fui apenas eu.

Se continuo na minha
sacode-me
e salva minha vidinha.

E se eu brigo
com meu próprio umbigo,
é porque o meu amigo,
não me deu abrigo,
me escondeu a mão.

Mas seu eu me coloco num canto,
escondo o meu encanto,
afaga-me,
posso eu estar em pranto...
amadora
Enviado por amadora em 01/12/2005
Código do texto: T79745
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
amadora
Santa Maria - Rio Grande do Sul - Brasil, 32 anos
13 textos (229 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 23:19)