Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Mensagem

Apaga aquele poema absurdamente tolo
Que em puro devaneio te escrevi
Desfaça as palavras, a métrica, o ritmo,
De cada verso incerto que construí.
Palavras que nunca encontram eco,
Versos que partem e retornam vazios,
Poema sem resposta, rima perdida,
Assim como eu em tua vida.

Shirley Carreira
Enviado por Shirley Carreira em 03/12/2005
Código do texto: T80407

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Shirley Carreira
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
271 textos (19341 leituras)
10 áudios (2666 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 14:44)
Shirley Carreira