Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Naufrágio

Meu peso esfalfa,

arranha e fere.

Sangro, singro

onde o céu engole o mar.

Meus braços procuram-me

na ânsia do nada.

Um gole, apenas, de névoa

e afogo-me

no infinito abismo que se debate.

 

Alessandra Espínola
Enviado por Alessandra Espínola em 05/12/2005
Código do texto: T81255
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Alessandra Espínola
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
288 textos (26479 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 18:45)