Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

257-CENA IRREAL

257-CENA IRREAL

Volto a olhar para o infinito,
universo de nós dois.
vejo nuvens passageiras
nimbos se ajuntando,
aquele perfil formando,
meu mito no céu de anil.
Cena real.

Diálogo impossível,
chamas ancestrais.
instintos animais?
Fogueira da paixão,
fogueira de mágoa?

Olho as sementeiras
ávidas de amor...
ressequidas quase mortas,
sem uma gota de afeto.
Clamor indizível,
angústia inefável.

Cena irreal.
Infinito azulado
de felicidade...
Alma em tempestade,
Transforma meu sonho
em realidade...

Silvia Araujo Motta
Enviado por Silvia Araujo Motta em 06/12/2005
Código do texto: T81724
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Silvia Araujo Motta
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil, 65 anos
6555 textos (668714 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 00:18)
Silvia Araujo Motta