Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ETERNAMENTE ILUSÃO (2)

VISÕES

Visões que são invisíveis na esperança
da renascença.
Amores que são renegados pelo temor da mera vivência.
Temos que ser o amor encarnado no sofrimento,
temos que ser a esperança perdida na ilusão,
temos que ser o passado dissolvido no presente,
temos que ser o que não somos.
Ser o que tememos ser!
Visões ao longo da existência...



O MELHOR MESMO É ESQUECER

Tenho muito a lhe dizer,
não estou, aqui, só para o sofrimento.
Que lhe falar algo
que está me enlouquecendo.
Sinto o que não sinto,
penso no que não vejo,
vivo, sempre, desejando um beijo.
Todos dizem bobagens
sobre mim, e também
sobre as minhas maneiras.
Estou cansada de tantas asneiras...
Penso em mudar,
mas de que adiantaria?
Mudanças somente me engravidariam de prejuízos
e me levariam a perder o juízo.
Penso que não adianta lhe falar,
você não poderia ajudar,
o problema é comigo, e não
com meus amigos.
O melhor mesmo é esquecer,
e pensar mais em viver. Mas isso irá
demorar... até que tudo se acabe.



NÃO

Não faz assim comigo, não!
Deixe eu entrar no seu coração,
e assim haverá uma solução,
não deixe a solução,
de um mundo sem direção,
levar-lhe à destruição.
Somente deixe a minha loucura
levar-lhe à perdição.
Deixe a nossa imaginação
tomar direção,
deixe a explosão
dos nossos corpos nos levar ao chão.
Me dê a mão,
e juntos vamos para a escuridão.
Leve-me à contra-mão
e faça uma demonstração,
não me deixe na ilusão.
Eu lhe dou a permissão,
solte-se dessa prisão!
Quero abrir meu coração
e lhe oferecer mais emoção,
para que não haja mais confusão.



  ELAINE BORGHI
primavera de 2005
ELAINE BORGHI
Enviado por ELAINE BORGHI em 09/12/2005
Reeditado em 18/12/2005
Código do texto: T83045

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor (Elaine Borghi) e o link para o site www.recantodasletras.com.br/autores/elaineborghi). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
ELAINE BORGHI
Campinas - São Paulo - Brasil, 42 anos
56 textos (1486 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 22:56)