Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Borboletas Sem Cor

 
Nas flores vivas de cor,
Sob o sol fulgurante,
Roça as pétalas macias,
Borboletas sem cor, dançantes.
Com suas asas desbotadas,
De Formato estranhamente peculiar,
Voam Sem Destino,melancólicas,
Meio perdidas entre as rosas.
E Nas Flores vulgares e pequenas,
Pousam  tranquilas, displicentes,
Bailando sob a  Brisa fresca,
Com seu  voar reticente.
Pulando de flor em flor,
Como uma dança frenética,
Sem ritmo e sem pudor,
E neste Jardim generoso,
De flores multicor,
Exalando seu perfume,
Atraente e excitante,
As borboletas se deliciam,
inebriadas com tanto esplendor.
E estas borboletas descoloridas
se entregando ao prazer,
Em uma metamorfose repentina
tornam-se belas bailarinas.

 

Angel
Enviado por Angel em 11/12/2005
Código do texto: T84270
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Angel
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil, 51 anos
22 textos (1882 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 06:38)
Angel