Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Às almas invasoras (Meus traumas)

Acalmem-se almas invasoras
Entrem nesse mundo de amor
Caiam nessa rede de palavras atraentes
Comentem suas emoções...
Que isso não poderia me deixar mais feliz!
Mas não, eu insisto,
Não queiram classificar o simples
Não sei quando falo de amor, de ódio
Ou da mistura dos dois, a paixão
Não importa o que rima com o quê
quando o que você sente é o mais precioso
Busque a sua emoção
Mas não quero terminar num livro,
onde tem aquela pergunta inicial
que me maltrata:
1)O que autor quis dizer com aquele verso?
Essa eu substituo:
O que você sentiu ao ler essas estranhas
construções, entranha que me faz viver?
E destaco que a resposta é pessoal do aluno.
Jule Santos
Enviado por Jule Santos em 13/12/2005
Código do texto: T85135
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Jule Santos
Ribeirão Preto - São Paulo - Brasil, 29 anos
234 textos (13250 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 14:43)
Jule Santos