Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Refugio dos Sonhos

No lago da vida refugiei meus sonhos,
sonhos de infância, de adolescente,
sonhos puros e frágeis.

No lago da vida refugiei os sonhos passados.

No presente, uns são tristes outros escaldantes.

No lago da vida chorei minhas magoas,
mágoas de criança, simples e suaves.

No presente as mágoas são sofridas, tristes, solitárias.

No lago da vida aprendi em criança que ser adulto
seria difícil, mas apenas aprendi.

Em adulto passei a sentir,
sentir o peso da dor da tristeza.

No lago da vida descobri que para viver
teríamos de sofrer, chorar, sorrir, cantar, mas....
precisamos de acreditar em Deus e sentir…
sentira sua presença, só assim
teremos paz e calor em nossos corações.
Débora de Andrade
Enviado por Débora de Andrade em 15/12/2005
Código do texto: T86173

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Débora de Andrade
Portugal
58 textos (3727 leituras)
10 e-livros (199 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 17:08)