Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Amar e navegar

Amar é tão triste como navegar.
Ao mesmo tempo em que nos sentimos livres, realizados...
Também nos sentimos sozinhos, com um amplo vazio ao nosso redor.
É só o mar e eu.
O mar me consola, ao mesmo tempo me afoga.
Pensamentos vêm,
Porém são levados com o vento
Para uma lugar aonde a bússola não aponta.
Enorme imensidão,
Imensidão vazia e que desola a alma.
Amo o mar
Mas não amo amar.
Meu barco está se afastando,
Indo na direção oposta.
Sinto-me afastando dessa imensidão azul
Que me sufoca e me paralisa.
Volto para os braços de quem é pequena e ao mesmo tempo grande... Então, fico perdida.
Odeio amar
E ao mesmo tempo não amar.
Amo
Porém não amo,
Me engano.
Estou aqui...
De volta à vida.
Kétilen Paes
Enviado por Kétilen Paes em 18/12/2005
Reeditado em 06/07/2010
Código do texto: T87492

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Kétilen Paes
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
160 textos (4889 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 22:00)
Kétilen Paes