Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Havia

Alguma coisa no ar
servia-me de alerta
não sei bem dizer
se era a brisa morna
ou o sussurrar do vento.

Havia algo místico
naquela derradeira noite
quando fiquei a te esperar
sozinha e triste e pedi
ao mar que te buscasse.

Fez-se um silêncio na praia
e a calmaria do mar
me deixou sem rumo
onde andarias tu meu amor
que não veio ao meu encontro.

Eu e o mar ali a te esperar
solitários sem rumo certo
tudo deserto e triste
tua luz não veio nos iluminar
meu grande amor.

Sim havia algo de incerto
naquele desencontro
que resultou numa tristeza
imensa e fria como
a areia daquela praia...

olhosdepoeta
Enviado por olhosdepoeta em 30/03/2005
Código do texto: T8805
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
olhosdepoeta
Piracicaba - São Paulo - Brasil
69 textos (9091 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 15:58)
olhosdepoeta