Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O teu leito...


Desfeito ... ainda com o teu cheiro.
Tu já foste ... eu ainda fiquei...
Olho a ausência , como triste sendeiro ;
Lembro ainda , como te amei...

Olho ausência com dor no peito.
As marcas que deixaste no lençol,
que para sempre ... fique assim o leito,
como terra molhada , sem o sol.

Rodo na cama louco,
porque eu quero...
Será pouco ,
mas eu venero...
Quero esses seios que me encantam.
Esses lábios que me embriagam.
Esse corpo que é divino templo...
Essas pernas elegantes,
que no espasmo me apertam...
Deliciando a vida,
cantando o hino,
de mulher perdida.

Rodo na cama , apenas eu...
Vazia ... como minha alma.
Destino que Deus me deu,
vida serena e calma...
António Zumaia
Enviado por António Zumaia em 20/12/2005
Reeditado em 29/12/2005
Código do texto: T88602
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
António Zumaia
Portugal
320 textos (20399 leituras)
71 áudios (5404 audições)
5 e-livros (1754 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 04:06)
António Zumaia