Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

XANGÔ ESTÁ FAZENDO JUSTIÇA

ENVOLVIDA EM FITA BRANCA
FOI ENTREGUE A OFERENDA
QUE COBRIU UMA CAIXA
PRETA E VERMELHA LINDA

DENTRO EM AMARELO-OURO
BRILHAVA UM LINDO PRESENTE
AZUL ESCURO PERFUMADO
O MAIS BELO DESSA GENTE

MAS A MISTURA DESSAS CORES
VOCÊ QUIS DESOBEDECER
SAI DA FRENTE DE MEU FILHO
POIS AGORA EU VOU DESCER

EU AVISEI ANTES NUM SOPRO
QUE VOCÊ OUVIU AMANHECER
FOI UMA ESCOLHA QUE TEVE
PRA DAÍ DESAPARECER

SAI DA FRENTE DE MEU FILHO
SÓ PRA ELE NÃO LHE VER
ESCORREGANDO SEM UM CHÃO
VOCÊ VAI SE ARREPENDER

BRANCO EXTERNO QUE ENCARNA
O VERMELHO VAI SANGRAR
O MACHADO RELUZENTE
SE PREPARA PRA CORTAR

EM TRÊS DIAS SUA SORTE
VAI ENCONTRAR AO NORTE
DEBRUÇADO NA JANELA
TÁ CHEGANDO NA PINGUELA

É NOITE INCERTA PRA VOCÊ
COISA CERTA VOU FAZER
CHORARÃO OS SEUS FILHOS
E DEPOIS VÃO LHE ESQUECER

JÁ MARCARAM O SEU NOME
NUM PAPEL DEPOIS QUEIMADO
NÃO DIGA QUE ISSO É INFAME
PORQUE FOI ANTES AVISADO

SAI DA FRENTE DO MEU FILHO
POIS AGORA EU VOU DESCER
COISA CERTA EU VOU FAZER
VOCÊ VAI SE ARREPENDER

EPA BABÁ!
EXÊ Ê BABÁ!

LAROIÊ!
LAROIÊ!

OGUNHÊ!
OGUNHÊ!

ERI IEIÊ Ô!
ORA IEIÊ Ô!

KAWÚ-KABYESILÉ!

CARLOS MADEIXA
Enviado por CARLOS MADEIXA em 20/12/2005
Código do texto: T88638
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
CARLOS MADEIXA
Petrolina - Pernambuco - Brasil
24 textos (1781 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 02:07)
CARLOS MADEIXA