Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

LUA DE MEL COM A VIDA

Freneticamente eu leio.
Olho para as pessoas na rua
sinto que o medo é real
que não ser é melhor
que não assumir a culpa é a solução.

No céu deve haver
os anjos que fogem
incluo-me nestes
aqueles que não desceram
mas continuam injuriados.

É preciso dizer
e a sociedade não nos obriga
mas a vida deve nos ensinar
nem que seja da pior maneira
com o sangue vertendo
e observando os mortos
que ficam pela estrada
até chegar o dia
de nos tornarmos também.

Olho para trás sem medo
e às vezes retorno alguns passos
reavalio as pedras no caminho
olho as faces deitadas
e me lembro da precariedade.

No horizonte está o necta
uma solução neutra
uma filosofia sincera
que reconheça a maldade humana
será se estou errado?

De uma coisa eu sou sincero:
meus ídolos velem esterco
meus inimigos talvez sejam políticos demais.
                                              (02/09/03)
Ozimar Júnior
Enviado por Ozimar Júnior em 22/12/2005
Reeditado em 25/07/2008
Código do texto: T89485
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Ozimar Júnior
Canindé - Ceará - Brasil
39 textos (805 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 04:28)
Ozimar Júnior