Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

De Repente

Não é num estalar de dedos,
Ou numa simples distração,
Nem sempre é na procura,
Nem sempre em sonhos é personagem...

Nem sempre manda recado,
Nem sempre é esperado...

Mas de repente... O amor acontece...
Haverá um de repente, ou dois... Ou muitos repentes...

E, de repente você se vê apaixonado,
De repente você é inteiro,
De repente não é sonho,
De repente o mundo é lindo,
De repente você é lindo...
De repente não falta nada...

De repente tem começo,
De repente não pode acabar...
De repente foi muito,
De repente foi infinito...

Quisera de repente se tornar para sempre...
ziza Silvestre
Enviado por ziza Silvestre em 23/12/2005
Reeditado em 31/05/2006
Código do texto: T89857

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
ziza Silvestre
Ourinhos - São Paulo - Brasil, 53 anos
217 textos (14089 leituras)
1 e-livros (52 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 21:38)
ziza Silvestre