Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Rota

Poderia ficar na tua boca
Roçar sobre a língua
Ou até mesmo ser engolida
Silêncio!

Passo diante dos teus olhos
Mato-me vivo na tua mente
Saí

Sou livre:
Um canário,uma labareda
O vento ou a praia surrando o céu

Rostos perfilados
Dores, gozo,fúria latente
Fixo-me
Numa esquina, no papel
Palavra

Sobre a orientação de uma velha caneta
Sangro
Vivo e morro.
Deijair Miranda
Enviado por Deijair Miranda em 27/12/2005
Código do texto: T90827
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Deijair Miranda
Pojuca - Bahia - Brasil, 41 anos
116 textos (5515 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 07:52)