Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

BUMERANGUE

Orquideas avirginadas
Entremeiam-se nas intuiçoes das árvores
Vinho acre escorre de suas folhas
Suas raizes espreguiçam-se ....
Oh céus ..Oh vida.....
Quisera teus tons violetas
Matizassem minha alma
Rebordassem-me a vida que deixei de viver.
E em mim o tempo desse a volta renovando-me o sangue
E espinhos nao me machucassem as costas
E nas asas do vento
O tempo a mim retornasse feito
BUMERANGUE
E...damas da noite perfumassem meu caminho
Beijos multi cores me dessem carinho
Entre flores purificadas
Eu descobrisse um cantinho
Sobre suas raizes espriguiçadeiras
Eu repousasse
Tendo de fundo o canto do passarinho
E com o tronco me acasalasse
Rompendo a lógica da natureza
Engravidasse de um quatrilho
Bebendo nuvens
Comendo pétalas cheirosas
No desejo ardente de uma vida nova....
Quisera desfilar na passarela dos galhos
Como flor honrosa
Dominando o ar,
Dispensando os trilhos,
E parindo rosas no lugar de filhos....
Olga Fonseca Costa
Enviado por Olga Fonseca Costa em 31/12/2005
Código do texto: T92747
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Olga Fonseca Costa
Cabo Frio - Rio de Janeiro - Brasil, 63 anos
22 textos (1499 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 17:44)