Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Lado a Lado

Contaram os românticos cientistas
Que as estrelas são seres gigantescos
que guardam entre si
apenas um enorme buraco

Compadecido, fui ate a janela
com o coração transbordado
estender minha mão à Via Láctea
Para medir a solidão das estrelas...
estranhamente constatei, que ela
não era maior que um polegada.

A peça de xadrez, lamenta
em sua casa abandonada,
do tabuleiro, a vastidão
E como as estrelas, chora calada
sua solidão,
que não é mais que uma polegada.

Na cidade, panos e sapatos, lado a lado
passam pelas ruas apressados
entao, lembro-me das estrelas,do buraco e da polegada...
Talvez estar só não seja estar distante...
Eia! minha solidão cresce na proximidade
por isso rogo, estrelas! guardem bem, a milhares
de anos-luz, em seus olhos galácticos,
minha felicidade.

macolucci
Enviado por macolucci em 02/01/2006
Reeditado em 29/04/2006
Código do texto: T93404
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
macolucci
Maringá - Paraná - Brasil, 33 anos
11 textos (1148 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 17:29)
macolucci