Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DANÇA DE NEGRO

CANTAR,
DANÇAR,
ESSES POUCOS AMADOS,
QUE TOCAM.
SEU BANGULÊ,
NUM BALBURIO,
DE JARÊ,
DE SAPATEADOS.....

DE CANTIGAS OBSCENAS,
COM SEU PUITA,
DEMONSTRAM SEM QUERER,
ESTE FOLCLORE ETERNO,
DE GENTE MESTIÇADO.....

NEGRO !
ÉS A GLÓRIA,
DO IAPOCK AO CHUÍ.....



Luiz Vieira

19.01.2001

poetamigo
Enviado por poetamigo em 17/11/2004
Código do texto: T94

Copyright © 2004. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
poetamigo
Curitiba - Paraná - Brasil, 56 anos
18 textos (11355 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 00:51)
poetamigo