Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ORUAL

Numa viagem totalmente nonsense
Onde eu achava conhecer algumas pessoas
Acabei por conhecer realmente alguém
Alguém que vale a pena
Porque apesar do corpo franzino
Não há de ter a alma pequena
Sim, conheci alguém
  De olhos desatentos
  E olhar atencioso
  De maneiras desajeitadas
  E jeito cheio de maneiras
Conheci alguém
Que não me diz nada
Mas significou muito
Que nem me percebe ao certo
Mas permitiu ser percebido
Conheci alguém
Sem medo de não ser nada
Querendo ser alguém
Sem saber que alguém já é
Meu alguém
O alguém que eu conheci

5.JAN. MMVI
Manoela Franco
Enviado por Manoela Franco em 06/01/2006
Reeditado em 09/05/2012
Código do texto: T95114

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Manoela Franco
Feira de Santana - Bahia - Brasil, 34 anos
56 textos (3126 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 16:50)
Manoela Franco