Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Desamparo

Embacia-se o olhar
Úmido de lembranças
E é a tua fotografia
Acalanto para a saudade
No peito, o tempo inerte
No corpo, o desamparo
Uma sensação do já visto
No encapelar do olhar
Em cada silêncio
Um diálogo de esperas

Passam-se dias e noites
E é como se o tempo
Não tivesse passos
Para ainda alcançar-me
Nas mãos, as trilhas percorridas
Palavras rabiscadas e calejadas
Pelos tantos solilóquios
Na solitude do sentir

Talvez por isto escreva
Desdobrando-me em vidas
No espaço inesperado
Do abismo de cada letra
Talvez por isto respire
Para buscar o verso
Que ainda não cabe
Nas linhas que pensam
Que um dia as alinharei
Talvez por isto escreva
Para clarear a noite
Que acorda em meus olhos

 

 
Fernanda Guimarães

Visite "De Amores e Saudades - Fernanda Guimarães":
www.fernandaguimaraes.com.br
Fernanda Guimarães
Enviado por Fernanda Guimarães em 04/04/2005
Reeditado em 25/08/2008
Código do texto: T9577
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Fernanda Guimarães
Fortaleza - Ceará - Brasil
430 textos (64357 leituras)
9 áudios (1782 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 18:21)
Fernanda Guimarães