Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DOCE FÊMEA

A água azul rouba
da lua sua alma brilhante
enquanto um alvo corpo em febre
desliza com cabelos em chamas
seduzindo sem pudor (todas) estrelas
na noite rouca.

Meus olhos sofrem
na impaciência da imaginação
na solitude da distância
da noite pouca.

Meu coração senzala teme
um sol que ameaça
tecer raios que nos dispersem
em partículas de pólen.
 
Á parte, uma orquídea fantasma
alicia meus desejos
de tornar-me o vento
nesta noite louca.


2006
ALFREDO ROSSETTI
Enviado por ALFREDO ROSSETTI em 12/01/2006
Reeditado em 19/10/2015
Código do texto: T97651
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
ALFREDO ROSSETTI
Ribeirão Preto - São Paulo - Brasil, 65 anos
143 textos (2367 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 21:13)
ALFREDO ROSSETTI