Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Adeus

Esses foram os primeiros e últimos
poemas públicados na minha vida.
Lágrimas não mais chorarão pelo papel.
Nenhum grafite acabado...
Nem páginas mal escritas.
Findaram, os versos sem explicação
Não mais palavras de saudade
Jamais suspiros e emoção.
Não existirá mais o brincar com as palavras...
Nem delírios ébrios de quem nunca foi o que pareceu.
Não haverão mais surpresas
Nem devaneios da madrugada.
Sem entadeceres de solidão...
Nenhuma gota de poesia,
Lágrimas secas num papel amarelo.
Fotografias envelopando...
Tempos de outrora.
Jáci
Enviado por Jáci em 12/01/2006
Reeditado em 13/01/2006
Código do texto: T98103
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Jáci
Ponta Grossa - Paraná - Brasil, 27 anos
12 textos (479 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 18:20)