Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A única fidelidade que...

A única fidelidade que encontrei nesta maldita vida foi a deste imundo quarto, onde insone, escrevo estas últimas palavras de decadência.
Com suas roupas jogadas, com seus discos e livros, teias de aranha, meio copo de vinho e insetos que dançam bêbados em volta da lâmpada.
Ah, e também minhas memórias, que jazem inertes, no seu canto mais escuro...
Diógenes
Enviado por Diógenes em 05/04/2005
Reeditado em 05/04/2005
Código do texto: T9863
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Diógenes
Chapecó - Santa Catarina - Brasil, 38 anos
19 textos (660 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 12:41)
Diógenes