Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Sereia...

Sempre sonhei em ser uma sereia
para ti encantantar com meu canto
abusar da tua ingenuidade
Afogar-te no mar do amor

Mas esse canto, que me encantou
Me fez prisioneira de um amor solitário
Fui vencida pelo inesperado:
Você me pescou.

E me colocou num aquário
Joga umas migalhas de vez em quando,
só pra eu não morrer de fome,
mas nada que me faça feliz...

Olha, que um dia eu escapo
Encontro uma saída para o mar,
Quem sabe um lindo tubarão...
O improvável também faz a gente feliz.
Jule Santos
Enviado por Jule Santos em 15/01/2006
Código do texto: T99070
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Jule Santos
Ribeirão Preto - São Paulo - Brasil, 29 anos
234 textos (13249 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 21:56)
Jule Santos