Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Estranha Agonia

Q'importa o tempo?
Vil espaço de ilusão progressiva
Respostas insanas falam pela alma.
O que antes costumava me guardar,
Agora parte num brigue jaz amodorrado.

Exausto, o pranto que transborda do céu lívido e borbulhante,
Roreja a minha pele ácida de pecados
Desfaz as ânsias que selei ao soar das nênias a cada outono.
Se vai sem desvanecer do mundo

Q’importa as danças?
Os cantos? A vida?
Cada lembrança reverbera meus temores;
Morre comigo em mais um sonho inaugural
Floresce ameno, porém fulminante.

Decreto vida para estar aqui
Adeus silencioso,
Acaricio pela última vez.
Gabriela Malheiros
Enviado por Gabriela Malheiros em 03/02/2006
Código do texto: T107735
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Gabriela Malheiros
Brasília - Distrito Federal - Brasil, 26 anos
15 textos (1006 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 02:29)
Gabriela Malheiros