Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Caminho das Flores

Como um nômade do tempo
Não escondo minhas raízes
Germinadas em solos humildes
Porem, em verdadeiros momentos...

Momento,
que momento é este?
 
Que insiste em me levar
Ao birô eletrônico das ilusões
Chamando minha lágrima contida
A clamar pelo amor...

Amor, que palavra é está?
 
Que chama por
Um abraço, por
Um beijo roubado
Não importa o momento...

Momento,
que momento é este?
 
Que nasce na alma
E argumenta em roupas coloridas
As fadigas de um sonho
Que ganha forma do amor...

Amor, que palavra é está?
 
Que celebra
o antes,
o agora, o depois, que
as fezes só se faz presente em secretos momentos...

Momento,
que momento é este?
 
Que me faz chorar abrindo minhas quiméricas
Ao meu mundo sem deixar a simplicidade ao leu
Contagiando minha missão
Como se eu fosse o grande poeta do amor...

Amor, que palavra é está?
 
Que não vive de apelos comuns
Chega-se em carruagens de fogo
Pintado de vermelho ilhas e continentes
apagados do mapa por um escuro momento...

Momento,
que momento é este?
 
Que quer contar uma história
De duas folhas verdes de novembro
Que apenas querem a felicidade
mas só Deus conhece o caminho das flores...
Auber Fioravante Júnior
Enviado por Auber Fioravante Júnior em 05/03/2006
Reeditado em 05/03/2006
Código do texto: T119279
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Auber Fioravante Júnior
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil, 54 anos
1405 textos (19662 leituras)
5 e-livros (358 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 09:41)
Auber Fioravante Júnior