Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SOZINHA...

SOZINHA...
Em meus ombros carrego
A dor,
Do ontem, do hoje e do que está por vir....
Em meu peito há um sentimento de frieza,
Meu coração parado pelo tempo e insensível
A qualquer sentimento....
Esquecer o que passei,
Lutar contra o que sinto,
Ter esperança e perder o medo....
Queria esquecer o mundo, ás pessoas
Eu....
Ás palavras malditas que ferem...
Escolhas erradas!
A pressão para se tomar à decisão
Que pode e vai mudar uma vida
Talvez a minha....
Gostaria de não sentir...O frio deste mundo
Que nos confunde e nos faz ter dúvidas de como
Encarar os desafios, ás pedras que surgem
Para nos mostrar que somos fortes e capazes
De mudar os nossos sentimentos....
Tristezas e dor,
Penetram tão fundo dentro de nós
Da alma....
Como águas profundas
Que invade o nosso ser....
Como um lobo solitário vivo a
Buscar o objetivo que me fará
Não mais me sentir tão
Só....Deus
Tenho medo não do amanhã,
Mas do que sinto neste momento,
Sentimentos que se misturam
Dentro de mim......
Instantes que não voltam mais....
O desespero preenche o vazio
Por não conseguir expor o que sinto
Mas somente nas páginas do meu coração
Escrever a minha história,
Escrever o meu poema....
Escrever a minha vida!
Falar....Não
Mas chorar,
Interpretar ás lágrimas derramadas
Ás escondidas em lugares pouco
Procurados dentro de mim....
Estou sangrando
Vejo o sofrimento em minhas mãos
Angustiada assisto de camarote
Como espetáculo da vida
A minha leve derrocada....
O silêncio......
O procuro,
- Alguém o viu?
Pensar,
Refletir....
Observar e encontrar
A saída
A força amiga, o encorajamento
Para fechar feridas, secar ás lágrimas
Olhar no fundo dos olhos
E balbuciar palavras:
- “Nunca esteve só, sempre estive aqui
Estava a sua espera para lhe dar o que
Falta.....”
AMAR!
Estou cansada,
Ás lágrimas escorrem pelo meu corpo
O consolo....
O abraço apertado,
A mão estendida....
O desejo sincero de ajudar
Existem coisas que só o tempo é capaz
De modificar, de extrair e de limpar
A visão embaçada
Pelas lágrimas até então derramadas
De uma vida sofrida...
Conseqüências de atos e atitudes
De pessoas perdidas que procuram
A dor para justificar suas vidas
Pessoas mortas, mas vivas...
Que buscam até o final
Descobrir
Que existem alguns
Que vêem nossas lágrimas
Sentem a nossa dor
E compreendem a razão
Pela qual se busca
O ombro amigo
A pessoa amada
Aquele que fará com que
Pelo menos aos nossos olhos
O mundo seja um lugar feliz de se viver
Que ás tempestades quando
Houver ele protegerá.....
Quando vier o desespero
Dirá palavras que trará
Alivio...
Quando o medo vier será a coragem para prosseguir
Em frente apesar da dor....
Será o único que entenderá o significado dos poemas
Que trago escritos e cravejados como pedras preciosas
Em minha alma.....
Quando a pressão aumentar e ás minhas lágrimas
Invadirem meu ser,
Será a força que jamais permitirá que eu deixe de
Ser.....O que sou
Essa pessoa é
VOCÊ!
Puro Sentimento
Enviado por Puro Sentimento em 21/05/2006
Código do texto: T159891
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Puro Sentimento
São Paulo - São Paulo - Brasil, 34 anos
9 textos (1057 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 19:52)
Puro Sentimento