Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

poema para a noite de número 3

persegui a corrente
dos fantasmas perdidos
ensandecidamente
despido,

o vinho que deitava
da boca comprimida
ungia do veneno
o sopro de mi'a vida,

eram tempos que o tempo se esquece,
eram noites e rezas noturnas,

quando longe estendia meus olhos
e as trevas seguiam comigo
por ruas desertas
e rios.  
andré boniatti
Enviado por andré boniatti em 07/06/2006
Código do texto: T171343
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
andré boniatti
Corbélia - Paraná - Brasil
295 textos (46057 leituras)
17 áudios (979 audições)
13 e-livros (741 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/17 04:36)
andré boniatti