Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

prece para dormir

Me ensinaram desde pequeno que ser bom e amável é salutar,
Me ensinaram que o homem deve amar para ser amado,
No entanto, o tempo, mudando os pensamentos e atos,
viramos palhaços por seguirmos esses preceitos...

Se eu tentar molhar meus olhos com seus beijos,
Se eu tentar tocar seus cabelos com minhas mãos,
serei apenas um idiota que ousa ser mais que os valentes
homens de armas e palavras bonitas, palavras essas ditas sem serem sentidas...

De que me vale a métrica e a coordenação,
sem o sentimento,
De que me vale falar bonito, me vestir bem,
possuir bens materiais,
se no final,
ao morrer,
irei para a cova como o outro ser,
que vivendo, nunca pode
falar bonito, se vestir bem,
e nunca teve nenhum bem material...

Sou apenas um lamento cortando o espaço vazio dos pensadores
que vagam em suas criações, sem sentido, sem sentimento...

Acordar e não ter a quem abraçar,
Dormir e não ter a quem aquecer...
Noites frias de inverno,
Noites vazias de verão...

Um livro, uma música,
companhias tão boas, mas mesmo assim,
preferia ter:
cabelos para cheirar,
um corpo para tocar,
uma boca para beijar...


e esse vazio nesse momento, me faz prisioneiro de mim mesmo...
e caminhando assim, é tão dolorido,
a dor no peito, tudo parece sem sentido,

Amém...
Ivair Antonio Gomes
Enviado por Ivair Antonio Gomes em 01/07/2006
Código do texto: T185444

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o email xstranho@pop.com.br). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Ivair Antonio Gomes
Palhoça - Santa Catarina - Brasil, 47 anos
169 textos (104825 leituras)
8 áudios (23947 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 14:33)
Ivair Antonio Gomes