Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Solidão de um dia que não chegou

Ontem esperei sozinho pelo dia de hoje,
Sem ninguém, sem relógio, sem mim mesmo,
Esperei muito tempo, sem pensamento.
Perdi muito tempo, sem vento no relento.

Solidão, amanhã não vou te ver.
Amanhã será um dia novo, com muito tempo,
O dia terá vento, terá muito movimento,
Não estarei sozinho, sem frio, sem nada.

Se amanhã de manhã o sol não raiar,
Se o vento não surgir, se o tempo não correr,
Solidão você ficará sozinha, sem minha companhia.
Solidão, você tão fria, tão parada, não mais existirá.

Nesse novo dia solidão, quem sentirá falta de você?
Quem lembrará de você sentimento egoísta?
Logo você que vai e vem sem dar notícia.
Ningém terá tempo para lembrar de você solidão!
Willian Douglas de Carvalho
Enviado por Willian Douglas de Carvalho em 06/08/2006
Código do texto: T210449
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Willian Douglas de Carvalho
Jaguapita - Paraná - Brasil, 35 anos
1 textos (43 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 10:21)
Willian Douglas de Carvalho