Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

poema para a noite de número 6

                                        poema a bob marley

uma erva no chão florescia
flores verdes na viagem-balão,
quando a mente pensava entre as nuvens
e o fogo acendia
um cigarro
na mão.

quando o azul do céu infinito
no sol da jamaica eu cantava,
quando a prece de deus derramava
sereno da noite
cobrindo o jardim.

foi à sombra das árvores negras,
às janelas fechadas do mundo,
renascia a lembrança de um canto
de sonho,
esperanças e paz.

mas a lua inquieta no espaço,
quando abrindo-me a fenda da luz,
engolia-me o sangue
em silêncio
e o peso do vento
assoprava-me o pó.
andré boniatti
Enviado por andré boniatti em 06/08/2006
Código do texto: T210715
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
andré boniatti
Corbélia - Paraná - Brasil
288 textos (45250 leituras)
17 áudios (887 audições)
14 e-livros (768 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 12:22)
andré boniatti